Buscar
  • Jornalista Gabriela Freitas

Novo horário de rodízio em SP: Veja como fica a circulação de veículos






O avanço da pandemia no Estado de São Paulo fez com que as autoridades aprovassem mudanças para controlar o número de contágio da Covid-19. Por isso, o prefeito paulista, Bruno Covas (PSDB), anunciou na última semana o novo horário de rodízio de veículos na capital, que começou a valer nesta segunda-feira (22). O novo rodízio deve durar duas semanas e será sempre no período da noite, valendo das 20h até 5h do dia seguinte.


A nova restrição de circulação foi adotada para restringir o movimento de pessoas durante a noite e seguirá o mesmo padrão de multas do horário anterior – durante os períodos da manhã e no fim de tarde.


Os períodos anteriores de rodízio ficam suspensos (não serão aplicados) enquanto durar a fase mais grave do combate ao coronavírus, no qual provavelmente deve levar duas semanas, conforme texto da CET: “Também a partir de segunda-feira (22/3), fica suspenso o funcionamento do rodízio em seu horário tradicional: das 07h00 às 10h00 e das 17h00 às 20h00.”


Confira as mudanças:


Veículos com placas finais 1 e 2 – proibido circular das 20h de segunda-feira até 5h de terça-feira;


Veículos com placas finais 3 e 4 – proibido circular das 20h de terça-feira às 5h de quarta-feira;


Veículos com placas finais 5 e 6 – proibido circular das 20h de quarta-feira às 5h de quinta-feira;


Veículos com placas finais 7 e 8 – proibido circular das 20h de quinta-feira às 5h de sexta-feira;


Veículos com placas finais 9 e 0 – proibido circular das 20h de sexta-feira às 5 h de sábado.


A medida adotada por Covas atende ao toque de recolher imposto pelo governo de São Paulo, que vale durante o mesmo período das 20h às 5h e serve para manter o máximo de pessoas em casa durante a noite. A regra do rodízio valerá enquanto a fase emergencial do Plano SP estiver ativa – provavelmente até o final do mês.



Informações em www.istoedinheiro.com.br

Foto: Divulgação