• Gabriela Freitas

#IsolamentoSocial: São Paulo terá rodízio de veículos mais restrito a partir de segunda

Atualizado: Mai 15

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), confirmou na manhã desta quinta-feira (7) o retorno do rodízio municipal de veículos na cidade em modelo mais rígido. Será ampliado, a partir de segunda-feira (11), o horário de restrição será ampliado e a medida valerá todos os dias, mesmo em feriados e fins de semana.


Os planos do novo rodízio, que valerão enquanto a cidade estiver enfrentando a pandemia de covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2)–, já circulavam nas redes sociais na quarta-feira (6), quando um rascunho do decreto municipal foi divulgado.

"Situações extremas exigem medidas extremas. Infelizmente algumas pessoas ainda não reconheceram o recado da importância de ficar em casa, de respeito a vida, e por isso estamos retomando o rodízio na cidade", afirmou Covas. A semana começou com índice de isolamento social de 48%, muito abaixo do índice ideal, de 70%.


O novo rodízio municipal de veículos estará ativo nas 24 horas do dia. Em dias pares, circulam veículos com placa final par; em dias ímpares, podem circular veículos com placa final ímpar. Ao contrário do modelo comum, em que a restrição ocorre apenas no Centro Expandido da capital paulista, a restrição valerá para toda a cidade.


Medidas de descumprimento

O desrespeito ao rodízio é uma infração de nível médio, com multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) do motorista.

Os trabalhadores e empresas de serviços considerados essenciais poderão fazer um cadastro na prefeitura para poderem continuar circulando normalmente na cidade. Acesse o link: https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal/servicos/informacao?servico=3682

Mais informações pelo e-mail: isencao.covid19@prefeitura.sp.gov.br


Para compensar a restrição de 50% dos veículos na capital paulista, a frota de ônibus municipais será aumentada em mil veículos, com outros 600 coletivos parados em bolsões à disposição, caso haja necessidade.


O rodízio municipal de veículos foi suspenso em São Paulo no dia 23 de março. Inicialmente, não foram registrados congestionamentos na cidade. Para conter o trânsito intenso observado nas últimas semanas, a prefeitura tentou na terça-feira (5) bloquear vias importantes, mas recuou após não ver diminuição no tráfego. Funcionários de hospitais e unidades de saúde relataram dificuldades para chegar ao trabalho, o que gerou críticas à medida, que seguirá apenas educativa, em vias menores, sem fechamento da via

Fonte – Matéria retirada do site metrojornal.com.br

Foto: Divulgação - Karime Xavier/Folhapress

17 visualizações

© 2020 por Despachante Caçula. Desenvolvido por Contém Informação

Despachante_Caçula_contorno_branco.png